Páginas

Mais uma colombada de campanha não cumprida, empeachement já!

O descaso do Estado e do governo Colombo com a saúde pública de SantaCatarina chegou ao limite. É hora de toda a população exigir respeito e dizer: já basta! Por isso, diversas entidades sindicais, estudantis e populares convidam:

ASSEMBLEIA GERAL AMPLIADA EM DEFESA DA SAÚDE PÚBLICA E EM APOIO À LUTA DOS SERVIDORES DA SAÚDE EM GREVE
Dia 28 de novembro (quarta-feira) Às 9h30 Na Praça Tancredo Neves

Entidades apoiam a greve da saúde

Publicado em Sexta, 23 Novembro 2012 13:26

Seminário reuniu entidades e movimentos sociais para colocar em debate a greve da categoria da saúde

Saúde às claras, desde que a greve foi decretada. Motivos à mesa, fragilidades que o SUS (Sistema Único de Saúde) passa para se manter
ativo também. A voz dos servidores da saúde nas ruas, exigindo a atuação do Estado não é à toa. E muita menos limita-se a questão
salarial, como o Governo insiste em provocar, e a mídia repete sem cuidado.

É só conhecer com mais propriedade o que prega o SUS e sua visão de qualidade. Dignidade salarial tem tudo a ver com valorização do servidor, qualidade dos serviços e bom atendimento à população. O isolamento do fato na questão da Hora-Plantão, nem mais nas rodas de reivindicações dos servidores, desvia a atenção para a profundidade da situação. A exigência por medicamentos, mais trabalhadores para regularizar o pleno atendimento, as fragilidades de estrutura, a omissão de gestão são escondidos por uma carcaça que mal segura sua fachada, os hospitais estão em frangalhos e isso não é de hoje.

O seminário que convocou para o debate entidades e movimentos sociais na noite da última quinta-feira, dia 22 de novembro, no plenarinho da ALESC, em Florianópolis, não deu espaço apenas para que a verdade fosse colocada de forma clara, mas demonstrou que esta luta representa o apelo de vários trabalhadores e cidadãos catarinenses.

E o que está em jogo é a defesa do Sistema Único de Saúde. “Para o Estado derrotar a greve representa calar a voz de quem denuncia que o SUS não pode ser privatizado”, expôs a diretora Simone Hagemann. Por isso, a necessidade imprescindível de organizar a sociedade para fortalecer o SUS. O presidente do SindSaúde, Pedro Paulo das Chagas, fez uma retrospectiva do movimento. A situação já relatada foi provocada com a mudança na Hora-Plantão, criada há exatos 22 anos para suprir o preenchimento de escala nos hospitais. “Ontem era necessidade de escala, hoje é necessidade de serviço e de salário”, comparou Pedro.

Fora Raimundo Colombo!

2 comments to Mais uma colombada de campanha não cumprida, empeachement já!

  • cláusio vitorino

    MUITO BOA AVALIAÇÃO. ESSE DESGOVERNO QUE IMPERA EM SC SÓ REFORÇA A INOPERÂNCIA DE GESTORES QUE NÃO SABEM SEQUER APLICAR UMA INJEÇÃO, MAS SE ACHAM NO DIREIRO DE DITAR REGRAS PARA NOSSO SISTEMA DE SAÚDE.
    BANDO CALHORDAS INCOMPETENTES!

  • elias.maf

    Olá Clausio!
    Só fiz alguns adendos e correção de português.
    Queria que voces avaliassem a imagem.
    Perecebam o que ele está fazendo com a mão esquerda, a bandeira nazista aos fundos, os botons na lapela, quepe nazista …. Photo shop é claro!
    Mas posso fazer um GIF com ele batendo sobre a mão esquerda, já fiz isso com o Papa Bento XVI.
    Espero que esta novela A COLUMBADA DO RAIMUNDO termine!
    Me fale sobre o movimento de quarta feira para publicar, ou seja faça a edição e eu ajeito por aqui ok?
    Grande Abraço
    Mafrinha

Deixe seu comentario

 

 

 

Se desejar, pode usar tags em HTML

Crie aqui seu avatar para seus comentarios

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>