Páginas

Paulo Roberto Costa mais um escândalo da era PT

Na berlinda da Polícia Federal, ex Diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa, agora é réu confesso, e já vomitou o nome de 12 Senadores, 49 Deputados e 1 Governador, envolvendo ao todo tres siglas partidárias o PT, PMDB e PP.

Na cela da Policia Federal em Curitiba PR onde está detido,   Paulo Roberto Costa alega que não haveria eleições este ano se ele revelasse tudo o que sabe.

Segundo o ex Diretor, disse que estes mesmos políticos recebiam 3% dos contratos da estatal enquanto ele era Diretor de Distribuição, entre 2004 e 2012.

O depoimento com delação premiada está no STF para que o Ministro Teori Zavascki homologue o acordo.

O ex Diretor só fez a delação, a partir do instante em que a Polícia Federal resolveu fazer uma devassa nas empresas de suas filhas, de seus genros e de amigo, que mantinham só na Suíça, U$ 23 milhões de dólares.

O ex Diretor agora em pânico prevê sua condenação a mais de 30 anos de reclusão por crimes contra o patrimônio público.

Para se ter uma idéia da robalheira, só a Refinaria Abreu Lima de Pernambuco, o preço final do contrato pode chegar a U$ 20 bilhões de dólares, pois todos os contratos eram superfaturados e o sobrepreço era repassado ao doleiro Alberto Youssef.

Portanto U$ 23 milhões de dólares na Suíça é apenas uma ponta do iceberg, cuja competente Polícia Federal irá desvedar, pois a Suiça não é o único paraíso fiscal do planeta.

Depois de mais de 40 horas de depoimento, alguns nomes já foram delatadoss conforme segue

Entre eles estão os presidentes da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), além do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB-MA). Do Senado,  Ciro Nogueira (PI), presidente nacional do PP, e Romero Jucá (PMDB-RR), o eterno líder de qualquer governo. Já no grupo de deputados figuram o petista Cândido Vaccarezza (SP) e João Pizzolatti (SC), um dos mais ativos integrantes da bancada do PP na casa. O ex-ministro das Cidades e ex-deputado Mario Negromonte, também do PP, é outro citado por Paulo Roberto como destinatário da propina. Da lista de três “governadores” citados pelo ex-diretor, todos os políticos são de estados onde a Petrobras tem grandes projetos em curso: Sérgio Cabral (PMDB), ex-governador do Rio, Roseana Sarney (PMDB), atual governadora do Maranhão, e Eduardo Campos (PSB), ex-governador de Pernambuco e ex-candidato à Presidência da República assassinado recentemente no mês passado em um suposto acidente aéreo.

Paulo Roberto também esmiúça a lógica que predominava na assinatura dos contratos bilionários da Petrobras – admitindo, pela primeira vez, que as empreiteiras contratadas pela companhia tinham, obrigatoriamente, que contribuir para um caixa paralelo cujo destino final eram partidos e políticos de diferentes partidos da base aliada do governo.

Sobre o PT, ele afirmou que o operador encarregado de fazer a ponte com o esquema era o tesoureiro nacional do partido, João Vaccari Neto, cujo nome já havia aparecidao nas investigações como personagem de negócios suspeitos do doleiro Alberto Youssef.

Segue aí outra lista dos devassos da era Lula/Dilma que não podem mais ficar no Governo e que por acaso também fazem parte os galhordas propineiros da Petrobrás:

ACRE
Dep    Flaviano Melo    PMDB  – Infelizmente ainda atuante
AP435    Crime contra a administração pública. Peculato.
Dep João Correia PMDB
Declaração Falsa de Imposto de Renda, Sanguessugas
(Escândalo das Ambulâncias)
Dep Junior Betão PL
Declaração Falsa de Imposto de Renda, Sanguessugas
(Escândalo das Ambulâncias)
Dep    Sérgio Petecão    PMN – Fora da Câmara
IN2486    Crime contra a ordem tributária.

ALAGOAS
Dep Benedito de Lira  PP
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep Benedito Dias PP
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep João Caldas PL
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep    Olavo Calheiros    PMDB – Fora da Câmara
IN2426    Crime ecológico. Desmatamento.

Senador    Fernando Collor    PTB – Infelizmente ainda atuante
AP451    Crime contra a administração pública, corrupção passiva e peculato.
IN2468     Crime contra a ordem tributária, imposto de renda, falta de recolhimento.
Sen  Renan Calheiros PMDB
Propineiro da Petrobras com 3% dos contratos Petrobras, conforme delação premiada de Paulo Roberto Costa, Diretor da Estatal
Peculato, Falsidade Ideológica, Documentos Falsos

AMAZONAS
Dep    Carlos Souza    PRB – Infelizmente ainda atuante
IN2265    Não informado. O processo tramita em segredo de Justiça.
Dep Lupércio Ramos PMDB
Crime de Aborto

AMAPÁ
Dep Davi Alcolumbre PFL
Corrupção Ativa
Dep Eduardo Seabra PTB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

BAHIA
Dep Corialano Sales PFL
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep Guilherme Menezes PT
Improbidade Administrativa
Dep    Joseph Bandeira    PT – Fora da Câmara
IN2558    Crime de responsabilidade.

Dep Mário Negromonte PP
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Propineiro da Petrobras com 3% dos contratos Petrobras, conforme delação premiada de Paulo Roberto Costa, Diretor da Estatal

Dep    Paulo Magalhães   PFL/DEM – Infelizmente ainda atuante
IN2311    Crime contra a pessoa. Lesão corporal.
Dep Reginaldo Germano PP
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Sen Rodolfo Tourinho PFL
Gestão Fraudulenta de Instituição Financeira
Dep    Tonha Magalhães    PR – Fora da Câmara
IN2577    Crime de responsabilidade.

Dep Zelinda Novaes PFL
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep Joias Gomes PT
Mensalão, CPI dos Correios

CEARÁ
Dep Almeida de Jesus PL
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep    Anibal Gomes    PMDB – Infelizmente ainda atuante
AP347    Crime contra a administração pública. Desvio de verbas
IN1396    Não informado. Relatado pelo ministro Eros Grau.
Improbidade Administrativa
Dep    Ciro Gomes    PSB – Fora da Câmara
IN2252    contra a honra.

Dep    Eunicio Oliveira    PMDB – Fora da Câmara
IN2388    Crime contra a honra, injúria.

Dep José Linhares PP
Improbidade Administrativa
Dep Est José Nobre Guimarães PT
Dólares na Cueca (Agora Candidato a Dep. Federal)
Dep    Manoel Salviano    PSDB – Infelizmente ainda atuante
IN2477    Crime de responsabilidade.
Dep Marcelo Teixeira PSDB
Sonegação Fiscal
Dep    Zé Gerardo    PMDB – Infelizmente ainda atuante
AP403    Crime de responsabilidade.
AP409    Crime de responsabilidade.
AP434    Crime de responsabilidade.

DISTRITO FEDERAL
Dep Benicio Tavares PMDB
Abuso de poder econômico e captação ilícita de votos
Dep Jorge Pinheiro PL
Crime Ambiental
Dep    Laerte Bessa    PMDB – Fora da Cãmara
IN2509    Crime eleitoral.
Dep    Luiz Paulo Vellozo Lucas    PSDB – Fora da Câmara
IN2556    Crime contra o patrimônio.

Dep Tatico PTB
Crime Ambiental
Sen Vamir Amaral PTB
Apropriação Indébita

ESPÍRITO SANTO
Dep Marcelino Fraga PMDB
Crime Eleitoral, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

GOIÁS
Dep Carlos Alberto Leréia PSDB
Lesão Corporal e envolvimento com Carlinhos Cachoeira
Dep Jovair Arantes PTB
Improbidade Administrativa
Sen Demostenes Torres DEM
Ligações com “Carlinhos Cachoeira” (envolvimento com o jogo do bicho)
Senadora    Lucia Vania    PSDB – Infelizmente ainda atuante
IN2099    Crime contra a administração pública, peculato.
Senador    Marconi Perillo    PSDB – Fora do Senado
IN2504    Crime contra a administração pública, licitação pública, irregularidade.
IN2481    contra a administração pública, corrupção ativa e passiva.
IN2562    Crime de imprensa, calúnia.
Acusado de corrupção ativa e passiva no Inquérito 2481, o senador alega ter tido seu nome usado indevidamente por um grupo de funcionários da Secretaria
de Fazenda de Goiás que teria tentado extorquir empresários no período em que governou o estado (1999-2006).

Dep    Pedro Wilson    PT – Fora da Câmara
IN2537    Crime contra o patrimônio.

Dep    Roberto Balestra    PP – Infelizmente ainda atuante
IN2199    Crime contra o patrimônio.
IN2484    Crime eleitoral.
Dep    Sandro Mabel -   PR Infelizmente ainda atuante
AP352    Crime contra a ordem tributária.
IN2291    Crime contra a ordem tributária.
Dep    Tatico    PTB – Fora da Câmara
IN2049    Crime contra o patrimônio.
IN2012    Crime contra a ordem tributária.
IN2030    Crime contra a ordem tributária.
IN2114    Crime contra a ordem tributária.

MARANHÃO
Dep Albérico Filho PMDB
Apropriação Indébita
Dep Antônio Joaquim PSDB
Improbidade Administrativa
Dep    Cléber Verde    PRB – Infelizmente ainda atuante
IN2572    Crime contra a administração pública.
De acordo com o deputado, a denúncia foi apresentada em 1999, quando ele era servidor do INSS no Maranhão, e diz respeito à concessão de uma aposentadoria considerada, na época, irregular
Dep    Clóvis Fecury    DEM – Fora da Câmara
IN2058    Crime contra a ordem tributária.
IN2447    Crime ambiental.
Edson Lobão
Propineiro da Petrobras com 3% dos contratos Petrobras, conforme delação premiada de Paulo Roberto Costa, Diretor da Estatal
Dep Remi Trinta PL Estelionato e Crime Ambiental
Dep Ribamar Alves PSDB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Roseana Sarney
Propineiro da Petrobras com 3% dos contratos Petrobras, conforme delação premiada de Paulo Roberto Costa, Diretor da Estatal

MATO GROSSO
Sen Antero Paes de Barros PSDB
Improbidade Administrativa e Formação de Quadrilha
Dep    Carlos Bezerra    PMDB – Infelizmente ainda atuante
IN2500    Crime contra a administração pública.
Dep Lino Rossi PP
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep    Pedro Henry    PP – Infelizmente ainda atuante
IN2245    Convertido em réu pelo STF semana passada, quando o Supremo aceitou a denúncia contra os 40 acusados no caso mensalão, Paulo Rocha responderá a ação penal por lavagem de dinheiro.
Mensalão, formação de Quadrilha, Lavagem de Dinheiro e Corrupção Passiva, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep Ricarte de Freitas PTB
Improbidade Administrativa e Formação de Quadrilha, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep Tete Bezerra PMDB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep Thelma de Oliveira PSDB
Improbidade Administrativa e Formação de Quadrilha
Dep Welington Fagundes PL
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

MATO GROSSO DO SUL
Dep Juvencio da Fonseca PSDB
Improbidade Administrativa

MINAS GERAIS
Dep    Ademir Camilo    PDT – Infelizmente ainda atuante
AP404    Crime contra a fé pública. Falsificação de documento público. Relatado pelo ministro Gilmar Mendes.
Dep Ademir Prates PDT
Falsidade Ideológica
Sen   Aelton Freitas    PR – Infelizmente ainda atuante
AP341    Crime de responsabilidade e estelionato. Tramita em segredo de Justiça e é relatado pelo ministro Marco Aurélio.
Dep    Bonifácio de Andrada    PSDB – Infelizmente ainda atuante
IN2463    Crime eleitoral.
Sen  Eduardo Azeredo PSDB MJ – Infelizmente ainda atuante
Acusação: Crime de peculato (desvio de dinheiro público) e formação de quadrilha. O que aconteceu: aguarda julgamento no STF (Supremo Tribunal Federal), o que deve ocorrer em 2014, mas antes que aconteça a cassação, o covarde já enviou
pedido de renuncia de mandato, para ficar impune, podendo submeter-se a novas eleições, o pedido não foi aceito pela suprema corte e ele deverá ser julgado e cassado, é questão de tempo.
Improbidade Administrativa
Dep Isaias Silvestre PSDB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep    Jairo Ataide    DEM – Infelizmente ainda atuante
AP432    Crime de responsabilidade.
AP450    Crime de responsabilidade.
IN2513    Crime de responsabilidade.
Dep Jaime Martins PL
Crime Eleitoral
Dep    João Magalhães    PMDB – Infelizmente ainda atuante
IN2427    Crime contra a administração pública.
Dep Cabo Júlio PMDB
Crime Militar, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias
Dep João Magno PT
Lavagem de Dinheiro, Mensalão
Dep José Militão PTB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep    Marcio Reinaldo Moreira    PP – Fora da Câmara
IN1883    Crime ambiental.
Dep    Mario de Oliveira    PSC – Fora da Câmara
IN2567    Não informado.
IN2139    Crime contra a pessoa e contra a honra, calúnia, injúria e difamação.

Dep Osmânio Pereira PTB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep Roberto Brant PFL
Crime Eleitoral, Mensalão, CPI Correios
Dep Romeu Queiroz PTB
Mensalão, Corrupção Ativa, Corrupção Passiva e Lavagem de Dinheiro
Dep    Saraiva Felipe    PMDB – Infelizmente ainda atuante
IN2559    Não informado.
Dep    Vitor Penido    DEM – Infelizmente ainda atuante
IN2483    Crime contra a administração pública.
IN2482    Crime contra a administração pública.
Dep Vittorio Medioli
Sonegação Fiscal
Senador    Wellington Salgado de Oliveira    PMDB – Fora do Senado
IN2310    Não informado.

PARÁ
Dep    Asdrubal Bentes    PMDB – Fora da Câmara
IN2197    Crime contra o planejamento familiar, e renunciou ao mandato no dia 26 MAR 2014, quando percebeu que foi condenado e que iriam lhe cassar o mandato, mas o pulha prometeu que vai se candidatar novamente.   Só pra relembrar,
este foi aquele deputado que trocou intenção de votos por laqueaduras.

Dep    Jader Barbalho    PMDB – Fora da Câmara
AP339    Crime contra o sistema financeiro nacional. Evasão de divisas.
AP374    Crime contra a administração pública.
AP397    Crime contra a fé pública, falsidade ideológica, corrupção, formação de
quadrilha, estelionato e lavagem de dinheiro.
AP398    Crime contra a administração pública. Peculato.
IN2051    Crime contra a administração pública.
IN2052    Crime contra a administração pública. Peculato.
Dep José Priante PMDB
Crime Contra o Sistema Financeiro
Dep    Lira Maia    DEM – Infelizmente ainda atuante
IN2578    Crime contra a administração pública.
O deputado afirma que contratou por licitação, em caráter emergencial, um médico para implantar o programa Saúde da Família quando era prefeito município de Candeias (RO). Garçon alega que, por falta de informações do INSS a respeito do
recolhimento de tributos para a contratação, foi aberto inquérito para a investigação do caso. Segundo o parlamentar, o caso foi “resolvido há mais de dois anos”.
Dep    Paulo Rocha    PT – Fora da Câmara
IN2245    Convertido em réu pelo STF semana passada, quando
o Supremo aceitou a denúncia contra os 40 acusados no caso mensalão, Paulo
Rocha responderá a ação penal por lavagem de dinheiro.

Dep Raimundo Santos PL
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep    Wladimir Costa    PMDB – Infelizmente ainda atuante
AP415    Crime de imprensa, injúria e difamação.
IN2390    Crime de imprensa, calúnia, injúria e difamação.
Senador    Flexa Ribeiro    PSDB – Infelizmente ainda atuante
IN2266    Não informado.
Senador    Mário Couto    PSDB – Infelizmente ainda atuante
AP440    Crime eleitoral.
IN2539    Crime eleitoral.

PARAÍBA
Dep    Armando Abílio    PTB – Fora da Câmara
IN2119    Crime contra a fé pública. Falsidade ideológica.

Dep Benjamin Maranhão PMDB
Crime Eleitoral
Dep Carlos Dunga PTB
Sanguessuga
Sen Cássio Cunha Lima
Abuso de poder econômico e político
Sen Cicero Lucena PMDB
Crime de responsabilidade contra prefeito, por apropriar-se de bens ou rendas públicas, ou desviá-los em proveito próprio ou alheio
Dep Enivaldo Ribeiro PP
Crime Contra a Ordem Tributária, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep Inaldo Leitão PL
Crime Contra o Patrimônio, Declaração Falsa de Imposto de Renda
Ex Sen Ney Suassuna PMDB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Ex Sen Roberto Cavalcanti PRB
Escândalo da Fazenda Nacional (sonegação de milhões de reais em impostos)
Dep    Romulo Gouveia    PSDB – Fora da Câmara
IN2574    Crime eleitoral.
O deputado alega que não faz parte do processo, “nem como parte, nem como testemunha”, e que só foi associado ao caso porque teve seu nome citado por
um dos acusados.

Dep    Ronaldo Cunha Lima    PSDB – Fora da Câmara
AP333    Crime de imprensa e contra a honra.

Dep    Wellington Roberto    PR – Infelizmente ainda atuante
IN2450    Crime contra o patrimônio.
Senador    Cícero Lucena    PSDB – Infelizmente ainda atuante
IN2527    Crime contra a administração pública, desvio de verbas, organização criminosa.
IN2535    Crime contra a administração pública, licitação pública, irregularidade.

PARANÁ
Dep    Abelardo Lupion    DEM – Infelizmente ainda atuante
AP425    Crime eleitoral. Relatada pelo ministro Ricardo Lewandowski.
Segundo o deputado, a denúncia diz respeito à eleição de 1988, na qual foi acusado de utilizar dinheiro de “terceiros”. “Foi uma denúncia política e eu vou
derrubá-la”, declarou Lupion.
Sonegação Fiscal
Dep Airton Roveda PPS
Peculato
Dep    Alceni Guerra    DEM – Fora da Câmara
AP433    Crime contra a administração pública.
AP436    Crime contra a fé publica. Falsificação de documento público.
IN2546    Crime de responsabilidade.

Dep Alceste Almeida PTB
Peculato e Formação de Quadrilha, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep Alex Canziani PTB
Peculato
Dep    Alfredo Kaefer    PSDB – Infelizmente ainda atuante
IN2589    Crime contra o sistema financeiro. Gestão fraudulenta de instituição financeira.
Dep André Vargas PT PR Envolveu-se até o pescoço com o doleiro Alberto Youssef, pediu afastamento por 60 dias até que seu caso seja julgado, provavelmente com cassação de mandato por quebra de decoro. O PT o pressionou a tal ponto que
seu afiliado corrupto  resolveu deixar o partido no dia 25 ABR 2014.
Dep André Zacharow PMDB
Improbidade Administrativa
Dep Bernardo Carli PSDB
Crime Eleitoral
Dep Cassio Taniguchi DEM
Crime de responsabilidade, por mau uso de dinheiro público
Dep Chico da Pincesa PL
Crime Eleitoral
Dep    Dilceu Sperafico    PP – Infelizmente ainda atuante
IN1575    Crime contra o patrimônio.
IN1705    Crime contra o patrimônio.
Apropriação Indébita
Dep    Giacobo    PR/PL – Infelizmente ainda atuante
AP435    Crime contra a ordem tributária sequestro.
AP360    Crime contra a pessoa. Seqüestro e cárcere privado.
AP395    Crime contra a honra, calúnia, injúria e difamação.
AP433    Crime contra a administração pública.
Dep Iris Simões PTB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Ex Dep José Borba PP
Mensalão e Improbidade administrativa (renunciou para evitar a cassação)
Dep    Odílio Balbinotto    PMDB – Infelizmente ainda atuante
IN2423    Não informado.
Ex Dep Paulo Rocha PT
Mensalão
Dep    Ricardo Barros    PP – Fora da Câmara
IN1164    Crime contra a ordem tributária.
A assessoria do deputado alega que o inquérito, por sonegação fiscal, está suspenso, graças a um acordo judicial, e será encerrado tão logo a empresa de
Barros quite a última parcela da dívida Sonegação Fiscal
Dep    Rocha Loures    PMDB – Fora da Câmara
IN2579    Crime contra a honra, calunia

PERNAMBUCO
Gov Eduardo Campos
Propineiro da Petrobras com 3% dos contratos Petrobras, conforme delação premiada de Paulo Roberto Costa, Diretor da Estatal
Dep Gonzaga Pattriota PSDB
Apropriação Indébita
Dep Inocêncio de Oliveira PSDB
Crime de Escravidão
Ex Dep Pedro Correa PP
Cassado em associação ao Escândalo do Mensalão, Compra de Votos
Dep    Raul Jungmann    PPS – Fora da Câmara
IN2531    Crime contra a administração pública, peculato.

Ex Dep Severino Cavalcanti PP
Escândalo do Mensalinho (Renunciou para evitar a cassação)

PIAUÍ
Dep    Ciro Nogueira    PP – Fora da Câmara
IN2191    Crime contra a administração pública. Prevaricação.

Crime Contra a Ordem Tributária e Prevaricação
Propineiro petrobras
Dep    Julio Cesar    DEM – Infelizmente ainda atuante
IN2239    Crime contra a administração pública. Peculato.
Peculato, Formação de Quadrilha, Lavagem de Dinheiro e Falsidade Ideológica
Dep    Jutahy Júnior     DEM – Infelizmente ainda atuante
IN1786    Crime contra a honra e calúnia.
Senador    Mão Santa    PMDB – Fora do Senado
IN2449    Crime contra a administração pública. Peculato.
Improbidade Administrativa

Dep    Marcelo Castro    PMDB – Infelizmente ainda atuante
IN2332    Crime contra a honra e injúria.

RIO DE JANEIRO
Dep Almir Moura PFL
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep    Ayrton Xerez    DEM – Fora da Câmara
IN2564    Crime eleitoral.

Dep Carlos Rodrigues PL
Mensalão
Dep    Edson Ezequiel    PMDB – Infelizmente ainda atuante
IN2300    Crime contra a administração pública. Corrupção passiva e peculato.
Dep Doutor Heleno PSC
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep Elaine Costa PTB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep Fernando Gonçalves PTB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep Itamar Serpa PSDB
Crime Contra o Consumidor, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep João Mendes de Jesus PSB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep José Divino PRB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep Julio Lopes PP
Falsidade Ideológica
Dep Laura Carneiro PFL
Improbidade Administrativa e Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep    Leandro Sampaio    PPS – Fora da Câmara
AP419    Crime de responsabilidade.
IN2552    Crime ambiental.

Sen Lindberg Farias    PT
improbidade administrativa
Ex Ministro Luiz Gushiken PT
CPI dos Correios
Sen Marcelo Crivela PRB
Crime Contra o Sistema Financeiro e Falsidade Ideológica
Dep    Nelson Bornier    PMDB – Fora da Câmara
IN2137    Crime contra a administração pública.
IN2168    Crime contra a administração pública.
IN2177    Crime contra a administração pública. Crime contra a pessoa e contra a honra, calúnia, injúria e difamação.
O deputado não comentou o teor das denúncias, mas alegou inocência. “Os inquéritos estão sendo apurados e com toda certeza serão justificados e quando
de sua apuração será provado que não tenho envolvimento com isso”, declarou Bornier.
Improbidade Administrativa

Dep Paulo Baltazar    PSB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep Paulo Feijó PSDB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Ex Dep Paulo Salim Maluf PPBCorrupção, Falcatruas, Improbidade Administrativa, Desvio deDinheiro Público, Lavagem de dinheiro
Dep Reinaldo Betão PL
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep Reinaldo Gripp PL
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Ex Dep Roberto Jefferson PTB
Mensalão
Gov Sérgio Cabral
Propineiro petrobras
Secretário Silvio Pereira PT
Mensalão
Ex Dep Valdemar Costa Neto PL
Mensalão (renunciou para evitar a cassação)
Dep Vieira Reis PRB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

RIO GRANDE DO NORTE
Dep    Fábio Faria    PMN – Infelizmente ainda atuante
IN2454    Crime eleitoral.
Sen Garibaldi Alves PMDB
Crime Eleitoral
Presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves PMDB-RN
Propineiro da Petrobras
Dep Nélio Dias PP
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep    Rogério Marinho    PSB – Fora da Câmara
IN2571    Crime contra a administração pública.
O deputado alega que não faz parte do processo, “nem como parte, nem como testemunha”, e que só foi associado ao caso porque teve seu nome citado por
um dos acusados.

RIO GRANDE DO SUL
Dep    Cezar Schirmer    PMDB – Fora da Câmara
IN2533    Crime eleitoral. Boca de Urna.

Dep Darcísio Perondi PMDB
Improbidade Administrativa
Dep Edir de Oliveira PTB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias
Dep    Enio Bacci    PDT – Infelizmente ainda atuante
IN2575    Crime de imprensa.
Dep Érico Ribeiro PP
Crime Contra a Ordem Tributária e Apropriação Indébita
Dep Paulo José Gouveia PL
Porte Ilegal de Arma
Dep Paulo Pimenta    PT
Compra de Votos, Mensalão, CPI Correios
Dep    Pompeo de Mattos    PDT – Fora da Câmara
IN2485    Não informado.   Eis a resposta da assessoria do deputado: “Este processo estava tramitando no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (MP-RS) por um ex-funcionário do parlamentar, insatisfeito com a demissão. “Nos autos
já consta uma retratação do funcionário, que admitiu estar motivado pela insatisfação”, acrescentou a assessoria.
Dep    Sérgio Moraes    PTB – Fora da Câmara
AP416    Crime de responsabilidade.
AP423    Crime de responsabilidade.
AP448    Crime de responsabilidade.
AP447    Crime de responsabilidade.
Dep    Vilson Covatti    PP – Infelizmente ainda atuante
IN2582    Crime de imprensa, calúnia, injúria e difamação.

RONDÔNIA
Dep    Ernandes Amorim    PTB – Fora da Câmara
AP418    Crime de responsabilidade.
IN2551    Crime contra a administração pública.
Dep    Lindomar Garçon    PV – Fora da Câmara
IN2576    Crime contra a fé pública.
O deputado afirma que contratou por licitação, em caráter emergencial, um médico para área de proteção ambiental em Petrópolis (RJ), durante sua
gestão à frente do município. O gabinete do deputado alega, no entanto, que ele tomou todas as providências para se adequar a um termo de compromisso assumido com o Ministério Público.
Dep    Natan Donadon    PMDB – Fora da Câmara

AP396    Crime contra a administração pública. Peculato.
IN2494    Crime eleitoral.
Senador    Valdir Raupp    PMDB – Infelizmente ainda atuante
AP383    Crime contra o sistema financeiro.
IN1990    Tramita em segredo de justiça.
IN2027    Crime contra o sistema financeiro nacional.
IN2442    Crime contra a administração pública. Desvio de verbas.
Procurada pela reportagem, a assessoria do senador informou que Valdir Raupp não tem interesse em se manifestar sobre o assunto.
Dep Nilton Capixaba PTB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Sen Valdir Raupp PMDB
Peculato, Uso de Documento Falso, Crime Contra o Sistema Financeiro, Crime Eleitoral e Gestão Fraudulenta de Instituição Financeira

RORAIMA
Dep    Marcio Junqueira    DEM – Infelizmente ainda atuante
IN2558    Crime de imprensa, calúnia, injúria e difamação.
O inquérito foi aberto, segundo a assessoria de imprensa do deputado, por pessoas que se sentiram ofendidas com declarações veiculadas por ele seu programa de rádio. Ainda de acordo com a assessoria, o deputado não cometeu nenhum
crime, “apenas divulgou o que era de conhecimento público”.
Dep    Nelson Meurer    PP – Infelizmente ainda atuante
IN2506    Não informado.
Dep    Neudo Campos    PP – Fora da Câmara
IN2455    Crime contra a administração pública. Peculato.
IN2456    Crime contra a administração pública. Peculato.
IN2457    Crime contra a administração pública. Peculato.
IN2458    Crime contra a administração pública. Peculato.
IN2460    Crime contra a administração pública. Peculato.
IN2462    Crime contra a administração pública. Peculato.
IN2464    Crime contra a administração pública. Peculato.
IN2465    Crime contra a administração pública. Peculato.
IN2466    Crime contra a administração pública. Peculato.
IN2489    Crime contra a administração pública. Peculato.
IN2492    Crime contra a administração pública. Peculato.
IN2555    Crime contra a administração pública. Peculato.
Segundo a assessoria do deputado, todos os inquéritos acima são relativos à Operação Praga do Egito, da Polícia Federal. Em novembro de 2003, o ex-
governador de Roraima foi preso, juntamente com outras 40 pessoas, acusado de comandar um esquema de fraude na folha de pagamento do estado. O grupo, desarticulado pela Operação Praga do Egito, da Polícia Federal (PF), desviou mais de R$
230 milhões dos cofres públicos, segundo denúncia do Ministério Público Federal (MPF). Por meio de sua assessoria de  imprensa, o deputado alegou que as acusações a que responde no Supremo não têm fundamento e que serão derrubadas pela
própria Justiça.

Sen Romero Jucá PMDB
Propineiro da Petrobras com 3% dos contratos Petrobras, conforme delação premiada de Paulo Roberto Costa, Diretor da Estatal
Improbidade Administrativa
Dep Suely Campos PP
Crime Eleitoral
Dep    Urzeni Rocha    PSDB – Infelizmente ainda atuante
IN2464    Crime contra a administração pública. Peculato.
IN2489    Crime contra a administração pública. Peculato.
IN2492    Crime contra a administração pública. Peculato.
IN2565    Crime eleitoral.
Senador    Romero Jucá    PMDB – Infelizmente ainda atuante
IN2116    Inquérito 2116 – Crime de responsabilidade, desvio de recursos em prefeitura. Tramita em segredo de justiça.

SANTA CATARINA
Idelí Salvati Infelizmente ainda atuante
Utilizou-se do helicóptero salva vidas da Polícia Rodoviária  Federal, para fazer turismo no Estado Catarinense em 2013, para fazer campanha para a presidAnta Dilma, justificando-se que se tratava de programa para concessão de repasses
pós enchentes, o que não convenceu o Ministério Público. Entretanto até a presente data, embora o clamor da população de Santa Catarina, nenhuma providencia foi tomada até o presente momento, assim como os repasses que também não
aconteceram, a resultante deste lamentável episódio é que o Ministério Publico abafou a situação alegando que o uso do helicóptero foi necessário, se tratava de prerrogativa da ministra babona, e tudo acabou em pizza.
Djalma Berger    PSB – Fora da Câmara
Não informado.

Eis a resposta da assessoria do deputado: “Este processo estava tramitando no Tribunal de Justiça de Santa Catarina, onde o Ministério Público havia indicado o arquivamento da queixa. Com a eleição do deputado Djalma Berger para a
Câmara, o TJSC ficou impossibilitado de dar seqüência aos trâmites e o processo foi enviado para o Supremo, onde ainda segue”.

Dep Edson Andrino    PMDB
Crime de Responsabilidade
Dep Gervasio Silva    PSDB – Fora da Câmara
Crime de trânsito. Homicídio culposo.
O deputado, que atropelou uma menina de 13 anos, diz que não teve culpa pela morte da garota. Gervásio também critica o foro privilegiado para parlamentares.
João Pizzolati

Propineiro da Petrobras com 3% dos contratos Petrobras, conforme delação premiada de Paulo Roberto Costa, Diretor da Estatal
Sen Leonel Pavan PSDB
Contratação de Serviços Públicos Sem Licitação e Concussão
Dep Neuto de Conto    PMDB – Fora da Câmara
Crime contra o sistema financeiro nacional.
Segundo a assessoria do senador, a denúncia contra Neuto de Couto diz respeito ao período em que ele ocupou a Secretaria da Fazenda em Santa Catarina, em 1996.
Dep Paulo Afonso PMDB
Peculato, Crime Contra o Sistema Financeiro e Improbidade Administrativa

SÃO PAULO
Dep    Abelardo  Camarinha    PSB – Infelizmente ainda atuante
AP417    Crime ambiental. Relatada pelo ministro Eros Grau.
AP441    Crime de responsabilidade. Contratação sem licitação pública enquanto era prefeito municipal. Relatada pelo ministro Eros Grau.
IN2503    Crime de imprensa, calúnia e difamação. Relatado pelo ministro Sepúlveda Pertence.
IN2529    Crime de imprensa, calúnia, injúria e difamação. Relatado pelo ministro Celso de Mello. Em carta enviada ao Congresso em Foco, o deputado se diz vítima de “calúnia” e “denuncismo” de seus adversários políticos em Marília (SP),
onde foi prefeito.
Uso de dinheiro público em benefício próprio (renunciou para evitar a cassação)
Dep Angela Guadagnin PT
Dançarina do Plenário da Câmara, comemorando absolvição de corrupto
Ex Ministro Antonio Palocci PT
Quebra de Sigilo Bancário
Dep Amauri Gasques PL
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep Antônio Carlos Pannunzio PSDB
Crime de Responsabilidade
Secr Antonio Donato PT Ex Secretário no Governo Haddad envolvido no escândalo do ISS – R$ 500 Millhões
Dep    Antonio Palocci    PT – Fora da Câmara
IN2443    Processo penal. Apura denúncias de irregularidades na relação da Prefeitura Municipal de Ribeiro Preto/SP com a empresa Leão & Leão.
Natureza não informada.

Aurélio Miguel PR envolvido no escândalo do ISS – R$ 500 Millhões
Dep    Beto Mansur    PP – Infelizmente ainda atuante
IN2496    Crime contra a liberdade pessoal. Redução a condição análoga à de escravo.
IN2519    Crime contra a administração pública.
Em nota enviada à reportagem, o deputado diz que não procede a denúncia por trabalho escravo. Veja a nota:  “A Justiça estadual decidiu favoravelmente a mim em segunda instância, mas o Ministério Público recorreu e a ação subiu para o
Supremo Tribunal Federal, que ainda não tem uma decisão final. A Justiça já concluiu que a acusação de trabalho escravo é improcedente, mas como a tramitação é lenta e demorada, continua tudo do mesmo jeito”.
Candido Vacarezza
Propineiro da Petrobras com 3% dos contratos Petrobras, conforme delação premiada de Paulo Roberto Costa, Diretor da Estatal
Dep    Celso Russomanno    PP – Fora da Câmara
AP427    Crime contra o patrimônio.
IN1645    Crime eleitoral.
IN1926    Crime contra a administração pública. Peculato.

Tesoureiro Delubio Soares PT
Mensalão (Ex Tesoureiro do PT)
Dep Edna Macedo PTB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias
Dep Elimar Maximo Damasceno PRONA
Falsidade Ideológica
Dep Fernando Estima PPS
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Gilberto Kassab – PSDB Ex Prefeito de São Paulo envolvido no escândalo do ISS – R$ 500 Millhões
Dep Irapuan Teixeira PP
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Crime Eleitoral
Dep Jeferson Campos PTB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep João Batista PP
Falsidade Ideológica, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep João Hermann Neto PDT
Apropriação Indébita
Dep    João Paulo Cunha    PT – Infelizmente ainda atuante, até ser cassado.
IN2245    Convertido em réu semana passada, quando o Supremo aceitou a denúncia contra os 40 acusados no caso mensalão, o deputado
responderá por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato.     O corrupto Deputado já julgado, recusa-se a renunciar.   Porém, como se porta todo
político sujo e covarde, renunciará na marra minutos antes de ter seu mandato cassado por decreto.
Mensalão, Corrupção Passiva, Lavagem de Dinheiro e Peculato
Ex Dep José Dirceu PT
Coordenador do Mensalão
Dep José Genoíno PT – Fora da Camara
IN2245    É um dos 40 citados no inquérito que investiga o mensalão.
Convertido em réu semana passada, quando o Supremo aceitou a denúncia contra os 40 acusados no caso mensalão, o deputado mais cretino do País, responderá a ação penal por corrupção ativa e formação de quadrilha. O ex-presidente do PT, no
entanto, alega inocência. Em carta enviada ao site antes do julgamento pelo STF, a defesa de Genoino sustenta que não há qualquer ligação entre o ex-presidente do PT e os fatos a ele imputados.

Dep    José Mentor    PT – Infelizmente ainda atuante
IN2329    Crime contra a administração pública.
Corrupção Passiva
Mensalão, Dólares na Cueca
Dep Jovino Candido PV
Improbidade Administrativa
Dep Lideu Araujo PP
Crime Eleitoral
Dep Luiz Antonio Fleury PTB
Improbidade Administrativa
Dep Professor Luizinho PT
Mensalão, lavagem de Dinheiro
Dep    Marcio França    PSB – Infelizmente ainda atuante
IN2516    Crime de responsabilidade.
Após a publicação da reportagem, Márcio França encaminhou à redação cópia de uma decisão do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP), do último
dia 2 de agosto, que o inocenta da acusação de ter cometido irregularidade em uma
licitação quando era prefeito do município de São Vicente (SP), em 2001. De acordo com a assessoria de imprensa do líder do PSB, o caso é que motivou a abertura do Inquérito 2516, por crime de responsabilidade.
Dep Marco Abramo PP
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Secretario Mauro Ricardo Costa – Secretário de Finanças da Prefeitura Municipal de São Paulo envolvido no escândalo do ISS – R$ 500 Millhões
Neto Rodolfo PMDB envolvido no escândalo do ISS – R$ 500 Millhões
Dep Neuton Lima PTB
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Paulo Fiorino PT envolvido no escândalo do ISS – R$ 500 Millhões
Dep Paulo Lima PMDB
Extorsão e Sonegação Fiscal
Dep    Paulo Mauf    PP – Infelizmente ainda atuante
IN2469    Crime contra o sistema financeiro.
IN2470    Crime contra o sistema financeiro.
IN2471    Crime contra o sistema financeiro.
IN2547    Crime de responsabilidade.
Dep    Vadão Gomes    PP – Fora da Câmara
AP364    Crime contra a administração pública.
IN2305    Crime contra a ordem tributária.
Improbidade Administrativa e Crime Contra a Ordem Tributária
Dep    Valdemar Costa Neto    PR – Fora da Câmara
AP422    Crime contra a ordem tributária.
IN2245    Convertido em réu pelo STF semana passada, quando o Supremo aceitou a denúncia contra os 40 acusados no caso mensalão, formação de quadrilha, corrupção passiva e lavagem de dinheiro
IN2510    Não informado.
A assessoria do deputado enviou o seguinte comunicado ao site: “O deputado Valdemar Costa Neto não faz comentários sobre temas submetidos à apreciação
do Poder Judiciário. O parlamentar acredita na independência dos Poderes, reprova intromissões indevidas e não se afasta da opção que respeita e prestigia o Judiciário brasileiro”.
Dep Vanderlei Assis PP

Crime Eleitoral, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep Bispo Wanderval Santos PL
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Corrupção Passiva

SERGIPE
Dep Cleonâncio Fonseca PP
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep    Jackson Barreto    PTB – Fora da Câmara
AP357    Crime contra a administração pública. Peculato
AP372    Crime contra a administração pública.
AP376    Crime contra a administração pública.
AP377    Crime contra a administração pública. Peculato
AP391    Crime contra a administração pública.
AP431    Crime contra a administração pública.
AP443    Não informado.

IN2127    Não informado.
IN2174    Crime contra a administração pública. Peculato
Jackson alega ser alvo de perseguição política em Sergipe por se opor ao grupo político que comanda o estado e ter se insurgido contra a ditadura militar nos anos 1970. “Esses processos  já chegaram a mais de 100. Eu não quero esconder
nada, e em todos fui absolvido”, disse o deputado, em carta encaminhada ao Congresso em Foco.

TOCANTINS
Dep Pastor Amarildo PSC
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep    Eduardo Gomes    PSDB – Infelizmente ainda atuante
IN2170    Crime eleitoral.
IN2445    Crime contra a administração pública.
O deputado diz que vai entrar com representação contra o procurador que o denunciou por crime contra a administração pública. Veja a defesa do deputado: “O prazo para arquivamento do inquérito 2170 já venceu. Já o inquérito 2445 é uma
acusação indevida. Eu vou representar contra o procurador que apresentou uma queixa-crime relativa ao não pagamento de uma dívida de R$ 950 quando eu era presidente da Câmara Municipal de Palmas. A dívida, contudo, não era de minha
responsabilidade e o TCU e os vereadores aprovaram as minhas
contas. Eu vou processar o procurador.”
Sen João Ribeiro PL
Peculato e Crime de Escravidão
Dep    Lázaro Botelho    PP – Infelizmente ainda atuante
IN2580    Crime eleitoral, calúnia e difamação.
Senador    Leomar Quintanilha    PMDB – Fora do Senado
IN2274    Crime contra a ordem tributária.

Dep Maurício Rabelo PL
Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
Dep    Osvaldo Reis    PMDB – Infelizmente ainda atuante
IN2046    Crime contra o patrimônio.
IN2274    Crime contra a ordem tributária.
Apropriação Indébita
Dep    Paulo Pereira da Silva    PDT – Infelizmente ainda atuante
AP421    Não informado.
Dep Ronaldo Dimas PSDB
Crime Eleitoral

Fonte http://www.contracorrupcao.org/2013/04/lista-da-corrupcao.html

Deixe seu comentario

 

 

 

Se desejar, pode usar tags em HTML

Crie aqui seu avatar para seus comentarios

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>