Páginas

CHAPARE um novo vírus tão terrível quanto o EBOLA

Pesquisadores do Centro de Prevenção e Controle de Doenças (CDC) dos Estados Unidos anunciaram a descoberta da possibilidade de transmissão entre humanos de um vírus raro, o chapare, pertencente ao grupo dos causadores de doenças como o ebola. A confirmação aconteceu após a análise de casos registrados na Bolívia, no ano passado. Segundo o CDC, dois pacientes transmitiram o vírus para três profissionais de saúde. Um dos pacientes e dois médicos morreram.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, os casos ocorreram na capital da Bolívia, La Paz. O único outro registro de contaminação por este vírus data de 2004, na região de Chapare, também na Bolívia. “Nosso trabalho confirmou que um jovem residente de Medicina, um médico socorrista e um gastroenterologista contraíram o vírus após contato com pacientes infectados”, disse ao The Guardian Caitlin Cossaboom, epidemiologista da divisão de patologias do CDC. “Agora acreditamos que vários fluidos corporais têm potencial para carregar o vírus”.

Segundo Cossaboom, acredita-se que o vírus é carregado por ratos, que podem ter infectado os humanos. Ela disse ainda que os sintomas registrados nos pacientes foram febre, dor abdominal, vômito, sangramento nas gengivas, erupção cutânea e dor atrás dos olhos. Por não existir medicamento específico para a doença ainda, os pacientes receberam tratamentos de apoio, como fluidos intravenosos.

A descoberta foi anunciada no encontro anual da Sociedade Americana de Higiene e Medicina Tropical (ASTMH). Durante o evento, os pesquisadores disseram que é possível que o vírus tenha circulado ao longo dos anos, sem ser detectado, por ser facilmente confundido com outras doenças que causam sintomas parecidos, como a dengue. Ainda de acordo com a publicação britânica, os cientistas afirmaram que estão trabalhando para identificar novas ameaças à humanidade e que precisam estudar o vírus chapare para entender a capacidade de disseminação.

O presidente da ASTMH, Joel Breman, disse que por mais que ainda exista muito a ser descoberto sobre o vírus chapare “é louvável o quão rápido essa equipe desenvolveu um teste para diagnosticar o vírus, confirmar a transmissão entre humanos e descobrir evidências preliminares sobre o vírus em roedores”.

Chapare é um nome bastante sugestivo, ligado a macoinare, cocainare, heroinare ou mesmo chaparraleari, no País dos cocaleiros que já passaram a mão na bunda do Lula, ex prisidente e ex presidiário e a quem o Brasil pretende se juntar futuramente com as picuinhas do atual presidente atolemado maricão psicopata, junto com sua currióla de filhinhos do papai cheios de vontade.

Mas nada que uma boa camaçada de pau não resolva.

Deixe seu comentario

 

 

 

Se desejar, pode usar tags em HTML

Crie aqui seu avatar para seus comentarios

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>